Obrigado por nos visitar

O nosso objectivo

A APPDAE é uma associação cultural, cientifica e de beneficência sem fins lucrativos.

A APPDAE visa promover a inclusão de pessoas com DAEs, no sistema educativo e na sociedade em geral.

Ler mais »

Difículdades de aprendizagem

Difículdades de aprendizagem (D.A.) são diagnosticadas quando os resultados da criança em testes de leitura, expressão e/ou matemática estão substancialmente abaixo do esperado para a sua idade, escolarização e nivel de inteligência.

Ler mais »

 
Página principal

Obrigado por nos visitar!


A APPDAE é uma associação cultural, científica e de beneficência, sem fins lucrativos. A APPDAE nasceu em 2007 dos esforços conjuntos de Pais, Encarregados de Educação e Técnicos da área da Educação, especialmente da área das Dificuldades de Aprendizagem Específica. Constitui-se como associação em 19 de Março de 2008.

A APPDAE visa promover a inclusão de pessoas com DAEs, no sistema educativo e na sociedade em geral através, entre outras, das seguintes acções:

a) Promover a divulgação nacional e internacional das Dificuldades de Aprendizagem
Específicas;

b) Obter e tornar efectivos, junto de entidades oficiais, todos os meios de acção que visem
proporcionar adaptações na avaliação, diagnóstico, prevenção, educação, reeducação,
terapêutica e inclusão das Pessoas com Dificuldades de Aprendizagem Específicas, bem
como todo o apoio aos seus familiares;

c) Estabelecer intercâmbio com organizações internacionais congéneres;

d) Promover acções de índole científica, educacional, e de investigação, como, por exemplo:

  • A identificação precoce das Dificuldades de Aprendizagem Específicas;
  • Promover o aconselhamento por especialistas da área;
  • A avaliação regular do desenvolvimento cognitivo, afectivo, social e psicomotor;
  • A avaliação contínua das potencialidades;
  • A programação da intervenção terapêutica e da educação;
  • Promover o treino e a educação adequados;
  • Promover a inclusão das Pessoas com Dificuldades de Aprendizagem Específicas no ensino regular;
  • Promover a reavaliação periódica e supervisão contínua das Pessoas com
    Dificuldades de Aprendizagem Específicas;
  • Promover a orientação vocacional das Pessoas com Dificuldades de Aprendizagem
    Específicas;
  • Promover a realização de estudos científicos, se possível, multicêntricos;
  • Promover a introdução de novas terapias;
  • A organização de uma biblioteca sobre o tema;
  • A colaboração no ensino, quando solicitada.
    e) Promover acções de índole social, como por exemplo:
  • A colaboração com os meios de comunicação social;
  • A colaboração com os fabricantes e importadores de material terapêutico, lúdico e
    afins;
  • O apoio a estabelecimentos de ensino que incluam as Pessoas com Dificuldades
    de Aprendizagem Específicas;
  • A delação ao Ministério Público de quaisquer casos de discriminação negativa
    relativamente às Pessoas com Dificuldades de Aprendizagem Específicas;
  • Promoção da divulgação de uma vulgata a respeito das Dificuldades de
    Aprendizagem Específicas;
  • O apoio a manifestações de índole cultural relacionadas, de algum modo, com as
    Dificuldades de Aprendizagem Específicas;

f) Angariação de fundos junto de entidades oficiais e privadas para os fins anteriormente mencionados e, ainda, outros que a Direcção entender convenientes.

««  Voltar atrás

Aviso importante

O objectivo deste web site é o de facilitar a comunicação de informação sobre Dificuldades de Aprendizagem Específicas.

Em nenhuma circunstância deve substituir a consulta por parte de um profissional de saúde.

Material didático

Jogos p/ Dislexia - Disortografia

Procurando dar resposta às necessidades de professores, terapeutas e pais que ...

Ler mais»

Responsabilidade Social

A APPDAE agradece o donativo de material informático (computador portáctil e impressora) pelo BAI.

Banco BAI Europa, S.A.


BAI