Bibliografia geral

Literatura geral sobre DAEs

Em Português:


  • ALLIENDE, F., & CONDEMARIN, M. (2005). A leitura: teoria, avaliação e desenvolvimento (E. Rosa, Trans. 8 ed.). São Paulo: Artmed.
  • Correia, L. d. M. (2005). Inclusão e Necessidades Educativas Especiais: um guia para educadores e professores. Porto: Porto Editora.
  • CORREIA, L. M. (1999). Alunos com necessidades educativas especiais nas classes regulares. Porto: Porto Editora.
  • CORREIA, L. Miranda e Rosa Maria Soares Ferreira (2009) "Alunos com dificuldades de aprendizagem específicas: os direitos coarctados" in Revista INCLUSÃO - Área de Educação Especial , nº VIII, Braga, Instituto de Estudos da Criança, Universidade do Minho, pp. 71-86
  • CRUZ, V. (2009) "Uma abordagem cognitiva da leitura e suas dificuldades" in Revista INCLUSÃO - Área de Educação Especial , nº VIII, Braga, Instituto de Estudos da Criança, Universidade do Minho, pp. 49-70
  • MARTINS, A. P. Loução et al (2009) " Compreender o fenómeno das dificuldades de aprendizagem a partir de sete estudos de caso: conclusões de um estudo naturalista:" in Revista INCLUSÃO - Área de Educação Especial , nº VIII, Braga, Instituto de Estudos da Criança, Universidade do Minho, pp. 19-48
  • FONSECA, V. (2009) "Identificação de sinais de risco de dificuldades de aprendizagem:da pré-escola ao 3º ciclo do Ensino Básico:" in Revista INCLUSÃO - Área de Educação Especial , nº VIII, Braga, Instituto de Estudos da Criança, Universidade do Minho, pp. 5-19
  • CRUZ, V. (1999). Dificuldades de aprendizagem, Fundamentos. Porto: Porto Editora.
  • CRUZ, V. (2009). Dificuldades de aprendizagem específicas. Lisboa e Porto. Lidel

(Internacionalmente as Dificuldades de Aprendizagem Específicas são amplamente reconhecidas como uma problemática que tende a provocar sérias dificuldades de adaptação à escola e de sucesso académico, e que, frequentemente, se perpetuam ao longo da vida adulta em múltiplas facetas da vida pessoal, quotidiana e profissional.
Neste sentido, este livro pretende ser um esforço de síntese teórica de um campo controverso e relativamente recente, o das Dificuldades de Aprendizagem Específicas, as quais, não obstante constituírem uma das grandes problemáticas associadas às Necessidades Educativas Especiais, continuam a não receber a devida atenção no nosso país.
O livro ?Dificuldades de Aprendizagem Específicas? começa por perspectivar historicamente o conceito e a definição desta problemática, seguindo-se a abordagem da etiologia, das características e da classificação. Por último, quase como preocupação fulcral deste livro, são abordadas as principais dificuldades de aprendizagem Específicas, bem como algumas directrizes de diagnóstico e de intervenção nas mesmas.
Ficando com a noção de que muito continua por dizer (e fazer), pensamos que a presente obra constitui um importante contributo não só para os professores do ensino regular, como para os que lidam diariamente com alunos com Necessidades Educativas Especiais, e para todos aqueles que ao longo do seu percurso profissional (ou outro) pretendem desempenhar um papel efectivo e afectivo na vida das pessoas com Dificuldades de Aprendizagem Específicas
).

  • Cuberos, M. D. A., Garrido, A. A., Rivas, A. M. B., Jiminéz, R. B., Pacheco, D. B., García, T. B., et al. (1993). Necessidades educativas especiais (A. Escoval, Trans. 2 ed.). Lisboa: Dinalivro.
  • Ellis, A. W. (1995). Leitura, escrita e dislexia: Uma análise cognitiva (D. Batista, Trans. 2 ed.). Porto Alegre Artes Médicas.
  • FONSECA, V. (1999). Insucesso Escolar, Abordagem Psicopedagógica das Dificuldades de Aprendizagem (2 ed.). Lisboa: Âncora Editora.
  • Gallagher, J. J., & Kirk, S. a. (1996). Educação da criança excepcional (M. Z. Sanvicente, Trans. 3 ed.). São paulo: Martins Fontes.
  • Giasson, J. (2000). A compreensão na leitura (M. J. Frias, Trans. 2 ed.). Porto: Asa Editores.
  • Hennigh. (2003). Compreender a dislexia. Porto: Porto Editora.
  • Moreira, P. (2004a). Ser professor: competências básicas... I Comunicação, consciência corporal, disciplina, autocontrolo e auto-estima. Porto: Porto Editora.
  • REBELO, J. (2001). Dificuldades da leitura e da escrita em alunos do ensino básico (2 ed.). Porto: Edições Asa.
  • Selikowitz, M. (2001). Dislexia e outras dificuldades de aprendizagem (A. S. filho, Trans.). Tijuca: Revinter.

Em Inglês / outras:


  • Bateman, B. D., & Herr, C. M. (2003). Writing measurable IEP: Goals and objectives. Wisconsin: Attainment.
  • Bender, W. (2002). Differentiating instruction for students with learning disabilities: Best teaching practices for general and special educators. California: Corwin Press.
  • BOS, C. S., & VAUGHN, S. (1998). Teaching students with learning and behavior problems (4 ed.). Massachusetts: Allyn and Bacon.
  • Graham, S., & harris, K. (2005). Writing better: Effective strategies for teaching students with learning difficulties. Baltimore: Paulh Brooks Publishing.
  • Haager, D., & Klingner, J. (2005). Differentiating instruction in inclusive classrooms: The special educator’s guide. Boston: Allyn & Bacon.
  • HALLAHAN, D., KAUFFMAN, J., & LLOYD, J. (1999). Introduction to Learning Disabilities (2 ed.). Massachusetts: Allyn and Bacon.
  • Harwell, J. (2001). Complete Learning Disabilities Handbook: Ready-to-use Strategies & Activities for Teaching Students with Learning Disabilities (2 ed.): Jossey-Bass.
  • Henderson, A., Came, F., & Brough, M. (2003). working with Dyscalculia: Recognising Dyscalculia Overcoming Barriers to Learning in Maths: Learning Works
  • Hoover, J., & Patton, J. (2005). Curriculum adaptations for students with learning and behaviour problems: Differentiating instruction to meet diverse needs. Texas: Pro-Ed.
  • LERNER, J. W. (2003). Learning Disabilities: Theories, diagnosis and teaching strategies (9 ed.). Boston: Houghton Mifflin Company.
  • Mather, & Goldstein. (2001). Learning Disabilities and Challenging Behaviors: A Guide to Intervention and Classroom Management: Brookes.
  • NJCLD. (2005). “Responsiveness to intervention and learning disabilities“. Retrieved Julho 3, 2005, from http://www.ldanatl.org/pdf/rti2005.pdf.
  • NRP. (2000). Report of the national reading panel: Teaching children to read, an evidence-based assessment of the scientific research literature on reading and it’s implications for reading instruction. from www.nationalreadingpanel.org.
  • PÉREZ, J. (2001). La Disgrafia, Concepto, Diagnostico y Tratamiento de los Transtornos de Escritura (6 ed.). Madrid: Ciencias de la Educacion Preescolar y Especial.
  • Winebrenner, S. (1996). Teaching Kids with Learning Disabilities in the Regular Classroom: Strategies and Techniques Every Teacher Can Use o Challenge & Motivate Struggling Students: Free Spirit.
  • Wood, J. W. (2006). Teaching students in inclusive settings: Adapting and accomodating instruction (5 ed.). New Jersey: Pearson Prentice Hall.

 

««  Voltar acima  »»